Como criar mundos?

Ir em baixo

23022010

Mensagem 

Como criar mundos?




Como criar mundos?



Entrevista com João Norberto, o “Resgate” dos fóruns CulturaPop e Universo Nova Frequencia.



Alguma vez você já parou para pensar que todo leitor de quadrinho, jogador de RPG, enfim, o que nós orgulhosamente chamamos de nerd, tem uma enorme tendência a criar seus próprios mundos personagens?

Não é loucura não. Quantas histórias em quadrinhos você já criou? Ou quantos projetos de livros, personagens... Mundos inteiros já saíram da sua mente. Você pode não ter posto todo esse projeto em prática. Mas em algum momento isso já piscou na sua mente querendo sair.

Mas porque será que temos essa tendência enorme em criar? Bem, há estudos pedagógicos que dizem que a “arte puxa a arte”. Por isso quando você está na pré-escola sua professora tanto te incentiva a desenhar, a criar esculturas e colorir. Quando você aprende a escrever ela te passa livros e te propõe redações. Ok, você pode estar pensando: mas e eu com isso? Já não tenho 4 anos e acho isso uma tremenda besteira!

Aonde eu quero chegar é que todos nós temos capacidade criativa a ser explorada. E como exercício de nossa mente, usamos esses nossos mundos de fantasia, ou fan-fictions para por isso para fora.

Pensando nisso tudo chegamos à internet que hoje é o grande meio de encontro das pessoas, concordam? Pois é. Você esta aqui lendo meu texto, lendo outro e mais outro... O que pode te dar mais idéias para escrever, compor, desenhar e etc, etc, etc.
escrever ela te passa livros e te propõe redações. Ok, você pode estar pensando: mas e eu com isso? Já não tenho 4 anos e acho isso uma tremenda besteira!


Aonde eu quero chegar é que todos nós temos capacidade criativa a ser explorada. E como exercício de nossa mente, usamos esses nossos mundos de fantasia, ou fan-fictions para por isso para fora.

Pensando nisso tudo chegamos à internet que hoje é o grande meio de encontro das pessoas, concordam? Pois é. Você esta aqui lendo meu texto, lendo outro e mais outro... O que pode te dar mais idéias para escrever, compor, desenhar e etc, etc, etc.
No Cultura Pop, temos um espaço exatamente para quem quer criar e bem, um de nossos colaboradores maiores é o João Norberto, conhecido como Resgate.



O Resgate leva tão a sério esse “papo” de criar o seu próprio mundo e ajudar a outros no mesmo que ele parece uma máquina de idéias e textos. Ainda estou para conhecer uma pessoa que crie tantos universos, personagens e textos com rapidez e qualidade quanto ele. E mais, ele ainda tem o dom de juntar as pessoas e levá-las com ele nessa loucura toda.
Seja em fan-fics ou universos autorais.

E é com ele que vou começar a fazer uma série de entrevistas, sobre... O que é criar sua própria história, mundo e afins.



A entrevista:

-Quando foi que você começou a escrever e o que te incentivou a isto?

Nossa, acredito que faz mais de dez anos... Quando era criança eu aprendi a curtir quadrinhos antes mesmo de ler, mas antes de conhecer direito a internet, ha dez anos não era tão popular quanto hoje, eu apenas desenhava e criava meus personagens, torcendo para fazer uma revista em quadrinhos...
Quando comecei a navegar mais pela net descobri alguns sites com fanfics, acredito que o primeiro foi o hyperfan e adorei a idéia de escrever meus personagens preferidos como eu gostaria... Foi aí que tudo começou e não parei mais até hoje...

- Sabemos que você trabalha com fan-fics e personagens autorais. Qual dos dois é mais interessante para você?

Na verdade depende muito do momento... Hoje em dia, por exemplo me empolguei com um universo de fanfics e estou me dedicando mais a isso, mas confesso que, depois de experimentar escrever personagens 100% meus e apresentá-los para apreciação dos leitores é muito gratificante.
Eu acho que com os autorais tenho muito mais liberdade, podendo fazer o que me der na telha com os personagens...
Nas fanfics existe um pouco dessa liberdade, mas muitas vezes a gente sente um pouco da pressão de escrever um personagem já famoso e não errar a mão com ele, mas a grande verdade é que depende mesmo do momento.


-O que mais te diverte ao criar? E em qual ambiente você sente liberdade para isso? Precisa ouvir alguma musica, assistir algo?


Muitas vezes as minhas criações começam com uma idéia bem básica que depois vira um desenho e então começa a se formar uma história na cabeça, lógico que às vezes acontece o caminho inverso...
Um ambiente? Nossa, prá pensar eu penso em qualquer lugar, desde parques, clubes, passeando pela rua, ou mesmo em casa, lavando louça, tomando banho... As idéias estão sempre "fazendo zoada" na minha cabeça...
Muitas vezes uma música, se possível acompanhada por um clipe, já me dá uma idéia inteira, filmes e livros também ajudam a ter idéias...
E cá entre nós, filmes ruins ajudam ainda mais, pois muitos tem idéias boas que são desperdiçadas... Aí eu vou e tento ver como eu a aproveitaria, como eu a faria interessante e desse jeito algumas histórias e personagens vão surgindo.

-Qual a importância que você dá a esse trabalho, de ser um escritor amador e se você pensa sim em tornar isso algo profissional?

Nossa! Para mim escrever é muito importante... Me dá uma sensação de... Sei lá... De alívio, eu acho, por poder colocar prá fora as idéias que ficam martelando na minha cabeça e se as pessoas comentam, o que me ajuda e muito a melhorar, dá uma alegria imensa...
Tenho alguns projetos para transformar em livros e assim que eu os terminar e registrar tudo direitinho, vou começar a correr atrás de editoras... Se um dia puder viver só de escrever será um sonho se tornando realidade.

-Sabemos que o UNF vem crescendo. O grupo de vocês está bem coeso no momento. Atualmente,quais são os projetos do UNF? E a longo prazo? O que estão planejando?
Pretendem realmente ser uma “editora virtual”, ou pensam em lançar alguma revista?


No comecinho passamos por um momento de poucas visitas e alguns titulos que acabavam não tendo muitas atualizações, mas o final de 2009 e o comecinho de 2010 estão mudando isso... Além de mim, do Nery e do Anderson(que juntos criamos essa nova versão do UNF) estamos contando com cerca de mais quatro ou cinco escritores que chegaram com vontade de contar boas histórias...
Além disso começamos a preparar o Antena UNF, nosso podcast e estamos nos organizando para preparar mais matérias para o nosso site/fórum...
Prevejo um crescimento ainda maior nos próximos meses... Criamos um espaço, o Palco UNF, onde os usuários podem apresentar idéias, desde escritas a desenhos entre outros, onde abrimos um canal de discussão, idéias e sugestões... Os melhores trabalhos ganharão destaque no site... Agora é torcer e cruzar os dedos pelo crescimento esperado...
Como eu disse antes nossa principal meta é oferecer um espaço onde as histórias (fanfics ou autorais) são destaque, tanto no fórum quanto especialmente no site... Algumas idéias estão surgindo e ainda não quero comentar, mas serão novidades bem... Como direi... "Audíveis"...
No final do ano começamos projetos de tirinhas e acho que esse filão crescerá também nos próximos meses...
Uma revista não seria nada mal, mas precisaremos nos organizar antes, para não darmos um passo maior que as pernas... Sobre ser uma editora, estamos estudando os caminhos para os registros de idéias e, no futuro, quem sabe?
Ia ser demais ajudaraos excelentes escritores, que muitas vezes desistem por não terem chance, de conquistarem um lugar nas prateleiras do país...

-Bem, quem conhece seu trabalho já conhece o Resgate, que é um herói brasileiro e atualmente você criou o Universo do Antares que é uma ficção cientifica. O que te inspira a criar esses personagens e universos?

Novamente uma série de fatores... O principal em todos é tentar mostrar que é possivel se criar um personagem brasileiro sem apelar para escatologia sexual ou forçando-o a ser um safado, malandro ou outras das péssimas "qualidades" que normalmente nos atribuem...
No Resgate eu tento dar um ar mais sombrio, beirando o terror, mas sem deixar a ação de lado... Acho que poderia compará-lo a um Sobrenatural(a série televisiva) com superpoderes...
Quando ao UA, esse universo nasceu daminha vontade de escrever personagens mais próximos dos conceitos heróicos dos quadrinhos, dando também uma chance a um personagem mais antigo até que o Resgate, o Antares, de ganhar histórias e sentir o que os leitores achariam dele...
Confesso também que a inspiração, no caso do UA, veio muito da saga Noite mais densa da DC e do up que a Marvel deu a seu "núcleo cósmico" em sagas como Aniquilação ou nos títulos mensais de personagens como Nova e os Guardiões da Galáxia, que estou acompanhando e adorando...


-Quando lemos suas historias vemos que o padrão dos seus personagens tem um pouco de autroismo. Um heroísmo aonde ele se arrisca acima do limite pelas pessoas. O que você sente quando vê a injustiça no jornal e no sistema? Quando um noticiário mostra algo assim. Qual a sensação que te passa? Isso te inspira? Te faz desejar que aquele herói que você criou estivesse ali?

Hahahaha... Acertou em cheio... Gosto de pensar que, por mais que sejam humanos e por isso falhos, meus personagens, por ter poderes e certas responsabilidades, realmente se sacrificariam por aqueles que precisam... Sobre os noticiários, sempre que vejo notícias imagino como meus personagens poderiam ajudar... Na tragédia do Haiti, por exemplo, o Antares poderia salvar muitas pessoas... Nos próximos meses escreverei alguns personagens que agirão em alguns casos conhecidos dos leitores... Aguarde para ver o que o Lábaro vai fazer com o castelo de um certo político... Um outro personagem que deve aparecer ainda esse ano é alguém que ganhará poderes para consertar o mundo, por causa de uma aposta entre Deus e o diabo e... Hum... Vou manter o restante da idéia em segredo... hehehe

-Qual seria o legado que você gostaria de deixar para o futuro em relação a suas obras?

Uau! essa foi profunda... Deixa eu ver... Gostaria que quem lesse pudesse, ao final de cada história, ao menos se divertir... Se alguém ler e ter algo para pensar, ainda melhor... Agora se, de repente, despertar a vontade de ler mais ou mesmo de escrever nos meus leitores, aí sim eu poderia dizer que meu trabalho na Terra está completo...
Fui profundo nessa também né?

-Alias,pensando nisso. Qual é a obra que você acha mais importante? Qual te marcou mais?

Acho que sempre depende da época... Quando garoto eu adorei vários livros da coleção Vagalume... Depois, já mais velho e até hoje, muitos livros do Stephen King, dos dele o meu preferido é Desespero... Em matéria de filmes Highlander me marcou muito... Nos quadrinhos, antigamente, Wachtmen me mostrou como quadrinhos podiam ser mais profundos e hj em dia o Run do Brubbacker no Capitão América, meu personagem preferido nas hqs, me deixou feliz e inspirado...
Eu acho que torço para me marcar a cada nova obra que chega às minhas mãos, pensando mais no que vem pela frente, do que no que ficou no passado...
Puxa... Preciso depois anotar essas frases... hehehe

-Um problema que alguns escritores amadores sofrem é falta de apoio tanto da família como de amigos. Você possui esse apoio da sua família? E os amigos que não fazem parte do projeto?

Sou o filho caçula de uma família até grandinha, tenho cinco irmãos e meus pais nunca foram de ficar podando minha imaginação... Era comum eu recortar figuras dos heróis das revistas que eu comprava e ficava brincando no chão da sala, bolando minhas histórias... Atualmente minha esposa me dá muita força, sempre me animando a continuar a escrever, pois se é meu sonho eu devo correr atrás... Já tive um pouco de vergonha de curtir quadrinhos e tal, mas hoje em ia falo numa boa sobre minhas histórias para quem quiser ouvir... Alguns colegas de trabalho até se cadastraram no UNF e já leram algumas das minhas histórias, bem como dão palpites nos desenhos que eu faço... Acho que foi importante eu apertar o botão do "dane-se" e falar: Sou assim mesmo e faço tudo isso... Ame ou deixe... Portanto realmente acredito que sou muito sortudo por ter o apoio de minha esposa, familiares e amigos...


-E como falamos de apoio da família e amigos, qual seria os conselhos para quem quer começar a criar algo e não tem o apoio e não sabe como fazer? Por onde começar?

Acho que o melhor conselho que eu poderia dar é para nunca desistir, mas saber "lutar suas batalhas"...
Explico: Todos sabemos como o mundo está competitivo hoje em dia, como é dificil para se sobreviver e como isso afeta a vida das pessoas... Sabemos também que o nosso país não é famoso pelo gosto por leitura e então realmente é dificil se ganhar a vida apenas escrevendo ou desenhando, por isso sempre tenha um plano B na manga, algo que te sustente até que o sucesso meteórico aconteça, afinal se você não tiver como comer, de onde vai tirar forças para criar? Se sempre estiver em pé de guerra com a sua família por conta das histórias que você escreve, ou os desenhos que faz, como vai conseguir paz e inspiração?
Portanto dose bem o que você faz... Se curte mesmo escrever ou desenhar, procure pessoas que também curtem para trocar uma idéia, aqui o CP é um ótimo lugar, por exemplo...
Mas o principal é se manter em paz, curtir a vida de modo a sempre ficar sossegado e não parar nunca de sonhar e imaginar!

_____________________________________________

Atenção:


Você pode acompanhar o trabalho do Resgate e de todos os outros escritores do Cultura Pop, nas pastas Culture Fics e Artes e Afins.
Se você deseja mostrar seu talento, seu trabalho. Venha aproveitar o espaço que o CP oferece para você!



Última edição por Vampira em Qui Mar 04, 2010 12:56 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Chegou a hora de descer do barco!

"Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar"

[ Eu sei que vou te amar - Tom Jobim]

LUTO pela perda de um pedaço do coração. Saudades Kike

Vampira
Admin
Admin

Feminino
Número de Mensagens : 3462
Idade : 34
Data de inscrição : 26/12/2008

Ver perfil do usuário http://tebhspekman.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Como criar mundos? :: Comentários

avatar

Mensagem em Qua Fev 24, 2010 2:50 am por Black Raven

Pois é.... Quem nunca criou mundos cheios de personagens incríveis?? O legal é que alguns de nós, mesmo depois de adultos, não deixamos esses universos morrerem.
Eu mesmo recentemente, tenho deixado o universo onde tive minha primeira experiencia com fanfics morrer aos poucos... espero poder retomar tudo um dia...
parabéns pela iniciativa, Tebh...ficou muito legal, mesmo....
Resgate, meu velho...voce sabe que sou teu fã...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem em Qua Fev 24, 2010 10:27 am por Vampira

B2, não deixe morrer não... recomece... nem que seja de um modo diferente.
Eu to tentando o mesmo. Acho que o grande problema é que nós as vezes nos "desfazemos" dos nossos sonhos.
Essa materia não foi por acaso e meu entrevistado "não foi por acaso" tbm.
Cara, notou as coisas que ele falou sobre escrever?
Depois que vc lê isso e vê o trabalho que ele faz!
Dá mais animo ainda para RECOMEÇAR!
Faça coisas pequenas, mas não deixe sua imaginação, seu mundo interior morrer. Very Happy

E valeu.
To com duas ideias já de materias para a próxima... vamos ver como vão se sair.
Uma ainda é no "ramo de fics".

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua Fev 24, 2010 2:25 pm por Resgate

Pessoal, juro que vocês me farão ficar muito feliz se realmente essa entrevista(que eu adorei! Me senti honrado pacas) fizer com que vocês, meus grandes amigos, retomem seus escritos, dos quais eu estou com muitas saudades(matando um pouco com a publicação do Livro de Pandora e da Shayna-Shayna do Black).
Enfim, muito, mas muito obrigado pela oportunidade!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem em Qua Fev 24, 2010 2:30 pm por Vampira

João, nem tinha como ser diferente. Vc é o cara q mais incentiva o pessoal aki!
E se com isso, eu mostrando esse seu entusiasmo e carinho pelas fics trouxer outras pessoas ao meio? Nossa... é d+

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex Fev 26, 2010 7:32 pm por Mr. Black

João, você é o tipo do cara que merece uma medalha, te conheço a bastante tempo e sei o quanto apoia a todos e luta para o crescimento da leitura e da arte tanto no CP quanto no UNF. Entrevistas é sempre bom porque a gente conhece um pouco mais sobre o coração da pessoa e a maneira dela pensar, em cada linha a gente percebe o quanto você realmente se dedica a esta arte e o quanto deseja que esta árvore frutifique. Deixo aqui o meu abraço para ti, João. Siga em frente e pode contar com meu apoio sempre!

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sab Fev 27, 2010 6:27 am por Resgate

Valeu pelas palavras tão legais Black, desse jeito fico até sem graça...hehehe
Mas realmente eu acredito e muito na capacidade que alguns fãs tem de escrever e quando vejo alguém de talento eu quero mais é incentivá-lo mesmo...
Até porque, assim, eu posso ler boas históias também
Valeu mesmo o comentário maninho!
Aquele abraço prá você também!

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qui Mar 04, 2010 10:48 am por VULCAN

Ótima entrevista. Very Happy

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qui Mar 04, 2010 12:07 pm por Aracnos

Como assim não comentei essa entrevista?!

Foi a primeira coisa que li no Zine!!

O João é uma pessoa incrível que tenho orgulho de chamar de amigo, mesmo não o conhecendo pessoalmente.

Tudo que ele disse na entrevista eu já conhecia, das nossas conversas pelo MSN e do que pude perceber de sua atitude.

Tenho o João também como um professor, um conselheiro, tanto para assuntos de fics como também para coisas da vida.

Só um detalhe, ali no começo do artigo está Nova Fronteira... não é mais isso, agora é Nova Frequência...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem em Qui Mar 04, 2010 12:57 pm por Vampira

Pois é. quando eu pensei em fazer uma materia sobre fics ele foi o primeiro nome na minha mente! E nem tinha como ser diferente...
ele é um mentor, incentivador de um grande pessoal. E uma pessoa maravilhosa!

E já consertei >.< foi uma falha minha >.< (juro que as vezes esqueço que vcs mudaram kkkk)

André, obrigada! Entrevistar estrelas sempre é uma tarefa ardua u.u Laughing

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex Mar 05, 2010 3:31 pm por Resgate

fico realmente feliz e honrado pelo fato do pessoal ter curtido tanto a entrevista!
Muito, muito feliz mesmo!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem em Sex Mar 05, 2010 6:48 pm por Vampira

E quando ficar famoso eu vou poder dizer que fiz a primeira entrevista *-* kkkkkkkkkkkkkk

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qui Fev 24, 2011 9:39 pm por Kid Krypton

Gostei da entrevista.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum